Terça-feira, 13 de Abril de 2021
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Ernest Hemingway, o escritor amante da Festa Brava

Mais um artigo do aficionado José Ferreira, hoje dedicado ao escritor premiado com um Nobel, que nunca escondeu a sua paixão pela Festa Brava.
29 de Julho de 2010 - 09:32h Notícia por: - Fonte: - Visto: 1124
Ernest Hemingway, o escritor amante da Festa Brava

Ernest Hemingway, escritor americano ( 1899-1961) vencedor do "Prémio Nobel", foi umdos maiores entusiastas e divulgadores da " Festa Brava " e grande aficionado.

Como aficionado, frequentou e assistiu a inúmeras corridas em Espanha, sendo um forte divulgador das festas de S.Firmin, especialmente por terras americanas e também um pouco por todo o Mundo.

Em Pamplona o Café Iruña, restaurante e bar bastante antigo, possui um lugar chamado de " Rincón de Hemingway", onde como homenagem a esta grande figura da literateratura e da cultura, sobressai a estátua do escritor ao balcão.

Ernest Miller Hemingway,de nome completo, foi de tudo na vida, desde condutor de ambulâncias, caçador, pescador, jornalista e repórter de guerra, guerrilheiro durante a guerra civil de España, turista,etc.

Teve vários casamentos, pois também era muito aficionado " a las mujeres " e frequentava eventos sociais, onde convivia com as maiores estrelas de cinema da época, figuras da cultura, banqueiros, realizadores de cinema, industriais, toureiros e gente ligada á festa.

È famosa a história que se teria passado no Hotel Ritz de Paris em depois de uma discussão com a sua mulher, este enfurecido dispara contra a sanita da casa de banho causando alarido e alguns estragos.

Doente e diabético, quase sem visão, suicidou-se em 1961 com a mesma pistola com que seu pai também o tinha feito.

Disse um dia Hemingway:

" Un hombre puede ser derrotado, pero no vencido! "

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2021 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.