" /> " /> " />
Domingo, 04 de Dezembro de 2022
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

"Fandanguero" colhe Gitanillo de Triana

Artigo de José Ferreira, invocando a memória de Francisco Vega de Los Reyes, o "Gitanillo de Triana".

21 de Setembro de 2010 - 13:51h Notícia por: - Fonte: - Visto: 1110

Francisco Vega de Los Reyes, conhecido como "Gitanillo de Triana", foi vítima de uma cornada do toiro "fandanguero" da ganadaria de Alípio Pérez-Tabernero no dia 31 de Mayo de 1931 na praça de toiros de Madrid, vindo a falecer em consequência da mesma no dia 14 de Agosto dese mesmo ano.

Considerado um dos maiores toureiros de sempre, um autêntico " Califa Gitano " e natural de Sevilha, nasceu no Bairro de Triana em 23 de Setembro de 1903, local onde despontaram para a arte tantos e tantos matadores de toiros, tendo tirado alternativa em 28 de Agosto de 1927 em Puerto de Santa Maria na Andaluzia, sendo seu padrinho Rafael " El Gallo " , este irmão de Joselito " El Gallo".

No ano de 1930, actua em 51 corridas, tornando-se uma figura respeitada e adorada por muitos devido ás qualidades do seu toureio, onde sobressaíam a sua majestosa verónica, temple e segundo alguns, " esses lances eram como faíscas que trespassavam o coração ", tal era a entrega e preciosismo deste toureiro na suas lides disnte do toiro.

Seguro com o capote, elegante com a muleta, toureiro de arte de muito sentimento e valor.Esta palavras definem a arte desta grande figura desaparecida precocemente.

Toureou com grandes figuras da época, inclusivé com um dos poucos " Califas del Toreo " Rafael Molina Sanchez, também chamado de " Lagartijo ".

Foi casado com uma célebre bailarina de flamenco e de etnia cigana Pastora Império " La Mejorana ".

Hoje, podemos encontrar em Sevilha uma rua, a que em sua honra foi dado o seu nome.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2022 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.