Terça-feira, 13 de Abril de 2021
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Cartel de triunfadores em noite de homenagem às Dinastias Salgueiro, Moura e Cartagena

A corrida de quinta-feira, 19 de Julho traz ao Campo Pequeno três cavaleiros triunfadores na presente temporada, representantes de três dinastias de cavaleiros e rejoneadores de Portugal e Espanha.
12 de Julho de 2012 - 17:12h Notícia por: - Fonte: - Visto: 738
Cartel de triunfadores em noite de homenagem às Dinastias Salgueiro, Moura e Cartagena

A corrida de quinta-feira, 19 de Julho traz ao Campo Pequeno três cavaleiros triunfadores na presente temporada, representantes de três dinastias de cavaleiros e rejoneadores de Portugal e Espanha.

Ao longo de quatro gerações de profissionais, mas com uma tradição que entra pelo século XIX, a Dinastia Salgueiro constitui uma referência no mundo tauromáquico como cavaleiros, ganaderos e criadores de cavalos. A Dinastia Moura tem o seu nome ligado não só à vertente ganadera e de criação de cavalos, como à maior revolução operada no toureio a cavalo “Pós-Nuncista”. Por seu turno, a Dinastia Cartagena, a mais recente, continua nas arenas o nome do grande rejoneador, prematuramente desaparecido, Ginés Cartagena, através do seu sobrinho Andy e de Ginés Hijo, que desponta para esta arte.

João Salgueiro vem a Lisboa depois de um notável triunfo em Angra do Heroísmo, em que a sua classe e o sentimento que põe na forma de interpretar uma arte que há gerações habita no seio da sua família, mais uma vez veio ao de cima e marcou a diferença.

Andy Cartagena regressa o Campo Pequeno depois de uma prolongada ausência durante a qual cimentou uma carreira que o colocou entre as principais figuras do rejoneio. Nesta temporada obteve já importantes triunfos, dos quais se destacam as saídas em ombros de Nîmes, Madrid (Las Ventas), Córdoba e Algeciras.

João Moura Júnior é outro cavaleiro que vem ao Campo Pequeno numa temporada de total afirmação artística. Depois de uma notável presença em Sevilha, na feira de Abril, abriu a Porta dos Cônsules, em Nîmes e saiu em ombros de Las Ventas. A estes triunfos, outros se têm somado que convertem a temporada de 2012 na da confirmação definitiva de João Moura Júnior como figura do toureio.

Para pegar esta corrida estarão em praça os valentes grupos de forcados amadores de Vila Franca de Xira e de Portalegre, capitaneados respectivamente por Ricardo Castelo e Francisco Paralta, dois grupos de grande tradição, “berço” de importantes forcados que tanto têm dignificado a tão portuguesa arte de pegar toiros.

Serão lidados seis toiros da prestigiada ganadaria Pinto Barreiros, a ganadaria-mãe das ganadarias portuguesas, que tem como data e local de antiguidade a Monumental de Las Ventas, no dia 18 de Maio de 1931. Procedente de Gamero Cívico e Félix Suarez, Pinto Barreiros constitui em si um encaste, baseado no encaste espanhol Parladé.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2021 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.