Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Comunicado da PROTOIRO - Mais uma fraude Anti-Touradas

A PRÓTOIRO iniciou já os procedimentos legais para responsabilizar judicialmente os promotores do movimento mentiroso e difamatório ?fim dos apoios públicos às touradas?, bem como aqueles que o promoveram e divulgaram.
25 de Janeiro de 2013 - 10:48h Notícia por: - Fonte: - Visto: 782
Comunicado da PROTOIRO - Mais uma fraude Anti-Touradas

Pela segunda vez consecutiva o Governo lançou, através do seu site Internet, a iniciativa “O Meu Movimento”, cujo propósito era, através de votações electrónicas, dar voz aos cidadãos e, também pela segunda vez consecutiva, a vitória coube a um movimento anti-cultural de ataque à Tauromaquia. O mote, desta feita, foi o “fim dos apoios públicos às touradas”, uma mentira demagógica cujo único propósito é censurar, perseguir e segregar cultural e ideologicamente todos aqueles que apreciam a Tauromaquia, numa manifestação clara de falta de respeito democrático e de xenofobia cultural.

Com efeito, é uma mentira que o Estado Português gaste 16 milhões de euros por ano a apoiar as touradas e a PRÓTOIRO está já na posse de documentos oficiais do Ministério da Agricultura e do IFAP que negam liminarmente tais apoios.

Por outro lado, e tal como havia sucedido na passada edição d’ O Meu Movimento, esta segunda edição fica marcada por mais uma enorme fraude informática que levou a que, dos cinco movimentos mais votados, quatro dissessem respeito a movimentos anti-tauromaquia. Esta situação foi conseguida através de votos que, nuns casos, não correspondem a pessoas reais e, noutros casos, foram efectuados por cidadãos estrangeiros não-residentes em Portugal. A fraude foi de tal ordem que a organização d’ O Meu Movimento reconheceu e retirou cerca de 10.000 votos aos movimentos anti-taurinos mais votados.

Perante este cenário de comprovada e reconhecida fraude, cumpre perguntar porque continua o Governo a alimentar este tipo de mecanismos e a patrocinar tais burlas, desvirtuando o exercício da verdadeira cidadania? Está visto que o propósito inicial d’ O Meu Movimento – que era dar voz aos cidadãos - foi totalmente desvirtuado. Com efeito, apenas os interessados poderão acreditar que a Tauromaquia é um problema do País. Neste momento de graves problemas económicos e sociais para os cidadãos, estas votações estão muito longe de espelharem as verdadeiras preocupações dos portugueses.

Trata-se, na verdade, de uma tentativa de colonialismo cultural, apoiada e financiada por fundações e instituições estrangeiras nesta campanha contra a cultura portuguesa, fazendo uso da mentira e da demagogia para atingirem os seus fins.

Estas tentativas de totalitarismo cultural esbarrarão sempre na firme e convicta oposição da PRÓTOIRO, que lutará sempre pela Liberdade contra a censura, defendendo sempre o direito dos Portugueses a viverem e celebrarem a sua cultura, sem imposições, sem preconceitos e sem pensamento único.

Em conformidade, a PRÓTOIRO iniciou já os procedimentos legais para responsabilizar judicialmente os promotores deste movimento mentiroso e difamatório, bem como aqueles que o promoveram e divulgaram.

Concluindo: há que travar, judicialmente se necessário, estas manifestações que espelham uma

crescente xenofobia cultural.

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.