Sábado, 21 de Setembro de 2019
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Diogo Oliveira destaca-se em Santiago de Rio de Moinhos

O jovem cavaleiro amador, Diogo Oliveira, destacou-se pela positiva no passado domingo, em Santiago de Rio de Moinhos.
16 de Julho de 2013 - 20:40h Notícia por: - Fonte: - Visto: 2086
Diogo Oliveira destaca-se em Santiago de Rio de Moinhos

A castiça praça de toiros de Santiago de Rio de Moinhos, recebeu no passado domingo, uma demonstração de toureio que contou com a participação dos cavaleiros amadores Ruben Inácio e Diogo Oliveira, da novilheira María Del Mar Santos e dos Forcados de Arruda e Cabeço de vide que enfrentaram reses do senhor Tinoco, que no geral cumpriram.

Abriu a função Ruben Inácio que tira a prova de cavaleiro praticante no próximo dia 17 de Julho, em Albufeira. O jovem não entendeu o oponente, sentindo algumas dificuldades durante a lide.

A rapaziada de Arruda pegou ao primeiro intento com o forcado da cara a fechar-se à barbela.

Diogo Oliveira veio com ganas de triunfar… brindou a lide ao seu amigo José Santos. O jovem de Bucelas andou com determinação e raça. A actuação foi marcada por bons momentos. Andou preocupado em levar a rês "empapada" na garupa do cavalo colocando-a em sorte, cravando e rematando alguns ferros, embora haja alguns pormenores a corrigir e a melhorar, mas tudo vai a seu tempo.

Os forcados de Cabeço de Vide concretizaram a pega à segunda tentativa.

Fechou a tarde a novilheira Maria Del Mar Santos a primeira mulher a tourear a pé em Santiago de Rio de Moinhos. A faena podia ter tido outro brilho, resultando desluzida frente a um novilho que quanto a mim serviu. A jovem não entendeu o oponente “não soube dar sitio ao novilho”, andou sem temple e foi desarmada algumas vezes na muleta. Valeu o reconhecimento do público.

(A seguir as declarações de Diogo Oliveira, Ruben Inácio e María Del Mar Santos que fazem um balanço das respectivas lides)

Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2019 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.