Quinta-feira, 13 de Agosto de 2020
Taurodromo.com A tauromaquia mais perto de si.

Enrique Ponce regresso triunfal à capital mexicana

Saída em ombros pela Porta Grande na Monumental de Insurgientes
20 de Janeiro de 2015 - 18:52h Notícia por: - Fonte: Taurodromo.com - Visto: 780
Enrique Ponce regresso triunfal à capital mexicana

No passado Domingo, 18 de Janeiro de 2015, a Monumental Praça de Toiros de Insurgientes na Cidade do México, recebeu a 13ª. Corrida de Toiros, inserida na Termporada Grande de 2014/2015.

Corrida mista com a presença do rejoneador Emiliano Gamero e dos matadores Enrique Ponce, Juan Pablo Sánchez e Juan Pablo Llaguno, que confirmava alternativava, e toiros de duas Ganadarias Mexicanas Teófilo Gómez e Rancho Seco, registando a praça meia lotação preenchida.

Neste seu regresso à capital mexicana, o diestro de Chivas Enrique Ponce, foi o máximo triunfador ao ter cortado duas orelhas a um dos toiros do seu lote.

Assim foi o resultado artístico década interveniente nesta corrida:

Emiliano Gamero, escutou ovação no toiro manso que lidou da Ganadaria de Rancho Seco;

Enrique Ponce, cortou duas orelhas no primeiro e escutou silêncio no segundo; 

Juan Pablo Sánchez, escutou silêncio no primeiro e ovação no segundo, no toiro de regalo, que foi o seu terceiro de lide e oitavo da corrida, cortou uma orelha; 

Juan Pablo Llaguno, confirmou a alternativa e no primeiro do seu lote escutou palmas depois de ter soado um aviso, e escutou silêncio no segundo do lote.

O diestro Enrique Ponce, após realizar-se o paseíllo, teve que entrar na arena, para agradecer os aplausos que o público lhe atribuiu, convidando os seus alternantes para também escutarem e gradecerem os aplausos.

Toiros da Ganadaria de Rancho Seco  saiu manso;

Toiros da Ganadaria de Teófilo Gómez, desiguais de apresentação comportamento durante as lides.

 
Desenvolvido por PrimerDev Lda
Copyright ©2007-2020 Taurodromo.com, Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo, sem a expressa autorização.